comunicação

O uso da comunicação visual e tipos de impressão

O setor da comunicação visual está presente em diversos detalhes que ajudam a compor o seu negócio e conquistar o seu público-alvo. Este é um setor amplo e que pode envolver algumas demandas para atingir seus objetivos.

Portanto, neste artigo, falaremos sobre elementos que muitas pessoas não pensam compor esse setor, mas que são fundamentais.

A utilização do vinil na comunicação visual

Como ressaltamos no início deste artigo, a comunicação visual é um setor bastante amplo e que demanda diversas estratégias diárias, assim como aplicação de planejamento mensal e anual.

Contar com elementos da comunicação visual não é somente pensar em peças gráficas ou digitais, em imprimir banners ou cartazes ou anunciar na televisão, revistas e redes sociais.

A comunicação visual é envolvente, diz respeito à imagem da marca, sua missão, valores e compromissos com a sociedade.

Por exemplo, se a empresa cria uma campanha se dizendo a favor do meio ambiente, mas testa seus produtos em animais, provavelmente, haverá um choque entre imagem e mensagem.

O público percebe isso e são nos pequenos detalhes que sua empresa conseguirá ter um diferencial no mercado. Por isso, falaremos sobre elementos que não necessariamente as pessoas sabem que fazem parte da comunicação visual.

O primeiro desses elementos é o vinil adesivo, que é um plástico que pode apresentar algumas particularidades. Por exemplo, o vinil pode passar por um processo de impressão ou até mesmo ser submetido a procedimentos de corte.

Em alguns desses procedimentos, ele pode receber cores e em outros, não. Isso dependerá do tipo de produto a ser confeccionado com esse material.

O adesivo de vinil pode ser aplicado em superfícies que sejam consideradas lisas, como é o caso de paredes e até mesmo em portas de vidro, em um processo de personalização.

Dentre alguns modelos, existem tipos de vinis que são mais econômicos, por exemplo, o vinil monomérico que é utilizado em um outdoor, apresentando resistência e alta visibilidade, até os modelos que serão utilizados para a decoração de um espaço.

Sendo assim, esse elemento é altamente utilizado nas peças de comunicação visual ou em ambientes decorativos.

Além disso, os vinis também podem ser utilizados para a personalização de veículos automotivos, como é o caso do adesivo carros disney e outros elementos que necessitem da personalização da marca.

Esse tipo de adesivo apresenta flexibilidade e é feito com maior rigor técnico, para que a modelagem seja perfeita. Inclusive, é fundamental que sua empresa invista em peças personalizadas, com o objetivo de ser reconhecido e lembrado pelo cliente.

Além desse adesivo vinílico, também existe o PVC vinílico adesivo. Esse material também é um tipo de plástico, só que um polimetilmetacrilato.

De modo geral, o polietileno é o plástico mais comum de ser utilizado em diversas estratégias das empresas, desde embalagens, assim como em sacolas e nas garrafas. Mas, existem outras inovações que incidem sobre o PVC vinílico, que falaremos a seguir.

Como principais características deste elemento, podemos ressaltar:

  • Aderência elevada e facilitada;
  • Pode ser instalado em áreas com umidade;
  • Possui resistência e grande vida útil;
  • Pode ser submetido a procedimentos de personalização.

Ele é um plástico que pode ser utilizado sobre outros, a partir da decoração de materiais. Além disso, a depender da composição do material e do plástico, alguns modelos podem apresentar maior resistência e dureza do que outros.

Outra coisa que pode variar é seu poder de aderência, a depender do tipo de plástico utilizado. Para finalizarmos essa parte do artigo sobre o uso dos vinis, vale a pena citar também a o adesivo vinil transparente, que pode passar por personalização ou contribuir para aumentar a vida útil de vidros.

Os processos de impressão dos elementos visuais

Como falamos no início deste artigo, alguns elementos precisam passar por processos de impressão. Isso ocorre também nas peças de comunicação visual que precisam ser impressas.

Diante disso, existem gráficas especializadas em tipos de impressão, assim como uma grafica de producao de impressao digital.

Sendo assim, é importante conhecer alguns tipos de impressão, como a impressão offset, que é indicada para grandes materiais e que realiza uma impressão em elevada qualidade, com diferentes suportes de materiais.

A impressão digital é mais voltada para produtos mais rápidos e menores, ou seja, onde não é necessário ter uma secagem das cores.

Por fim, existe também a impressão híbrida, que mescla entre ações do digital e do modelo em offset. Neste sentido, é importante que a empresa busque por uma gráfica que supra sua necessidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *