Curiosidades sobre a impressão 3D

A fabricação aditiva é um procedimento de criação de objetos sólidos tridimensionais com base em modelos digitais.

É por intermédio dessa função que a impressão 3d é alcançada com a utilização de processos aditivos. O objeto é fabricado com sobreposição de diversas camadas de material.

Essa ação de produção de itens a partir da Impressão 3d é considerada distinta das técnicas tradicionais, como um processo substrativo, baseado na remoção de material por corte ou perfuração.

Ao adotar a utilização da fabricação aditiva, é possível obter uma produção mais econômica com baixo volume. Ainda permite ver a linha de desenvolvimento e fabricação de um produto e identificar vários recursos para uma pesquisa de marketing: produzir e vender o produto.

Com ela se pode aperfeiçoar os objetos fabricados e testar no mercado. Com essa vantagem, as economias potenciais nos momentos de produção podem ser destinadas as outras áreas da empresa como, por exemplo, marketing do novo produto.

As economias potenciais nas fases de produção e pesquisa podem ser investidas em outras áreas da empresa, como marketing para lançamentos. Seus benefícios são:

  • Produção econômica com baixo volume;
  • Maior liberdade geométrica;
  • Grande funcionalidade nas peças fabricadas;
  • Personalização dos produtos;
  • Sustentabilidade ambiental;
  • Novas linhas de fornecedores e modelos de venda.

Comumente, a utilização de fabricação aditiva está até presente no momento que os produtos ou objetos são personalizados como, por exemplo, capas para smartphones, ou até em itens com bastante valor ao mundo da arte ou moda.

Ela permite uma produção economicamente viável de formas complexas em baixo volume e diminui o tempo e a necessidade de ferramentas como moldes e lâminas de corte. Outro aspecto que diminui é o capital de investimento e de inventário.

A fabricação aditiva possibilita sua aplicação em produções mais complexas como: re-entrâncias, paredes de espessura variável, hexágonos complexos, furação não-linear, estruturas de filigranas e estruturas orgânicas/genéticas.

A funcionalidade do serviço de impressão 3d vem crescendo muito nos últimos tempos e sendo aplicado em diversas áreas.

Saiba mais sobre impressão 3D

Ter impressoras 3D é sinônimo de ter um equipamento que possibilita a impressão de qualquer objeto que foi idealizado, desde brinquedos e action figures até partes de maquinários em peças industriais. Vale ressaltar que, cada produção pode levar poucas horas para execução completa.

Apesar de alguns itens não passarem de simples moldes para depois serem preenchidos e finalizados por materiais do produto final, muitos objetos são feitos na maquina 3d e já são utilizados como produto final como, por exemplo, acessórios para celular.

Hoje, as impressoras 3D podem ser encontradas em preços variados e mais acessíveis, pois conforme o passar do tempo, a tendência é o preço cair.

A tecnologia empregada pela impressão em três dimensões é ampla e tem diversas aplicações práticas para muitos campos profissionais.

Vale ressaltar que, a impressão em 3D é uma tecnologia muito recente e está em constante mudança e, com toda certeza, virá muitas atualizações com relação ao processo de confecção da impressora 3d.

Descubra algumas áreas em que essa tecnologia já está empregada

A tecnologia da impressora 3D vem ajudando algumas outras segmentações como na produção de itens médicos e hospitalares, pois se pode criar próteses para ossos e membros. Um exemplo, nos Estados Unidos, um paciente teve 75% do seu crânio reconstruído por uma impressão 3D.

No ramo dos produtos domésticos a impressora 3D pode ser usada frequentemente, pois fabrica objetos simples, como chuveiros, vasos, utensílios domésticos e itens decorativos. Pode-se criar designs exclusivos e únicos.

No universo da moda, é capaz de criar roupas usando materiais variados, dos quais se assemelham a roupa de tecido no corpo. Também utiliza-se estruturas intermediárias para criar as costuras e entrelaçamentos.

A vantagem é que as roupas já ficam prontas para o uso e podem apresentar custo reduzido, resultando em uma fabricação mais eficaz. Outros produtos que pode ser fabricados são: bolsas, tiaras, braceletes, vestidos e biquínis impressos, por exemplo.

Na área da educação, a impressora 3D pode reproduzir objetos que são utilizados em escolas e universidades para auxiliar nos estudos.

Com relação a arquitetura, pode-se criar maquetes físicas, garantindo assim uma melhor visualização do projeto e na criação de objetos como, por exemplo, outdoor mais flexível.

Para ficar por dentre de cada um dos detalhes relacionados, basta contatar profissionais especializados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *