Conheça os modelos de impressora mais utilizados

Fundamentais para vários processos existentes em muitos tipos de empresa, equipamentos como copiadoras, impressoras e scanners, são capazes de otimizar o trabalho e tornar o serviço mais eficiente.

Com a colaboração da tecnologia, eles estão cada vez mais funcionais e facilitadores.

Isso porque, em um mundo onde lidamos diariamente com documentos e informações. A impressão tornou-se, sem dúvidas, recurso indispensável na vida da grande maioria das pessoas.

Afinal, quantas vezes você já precisou imprimir algo? Existem diferentes tipos de impressora e os desempenhos também variam.

Nesse artigo, confira mais detalhes sobre dois dos modelos mais utilizados em vários setores da indústria e do comércio: a impressora a laser e a impressora de etiqueta adesiva.

Surgimento da impressora

A primeira impressora da história data de 1938, criada por Chester Carslon e levava algumas horas para imprimir cada página.

Algum tempo depois em 1953, foi criada uma versão mais rápida, considerada extremamente veloz na época. Esse foi o modelo utilizado no primeiro computador comercial inventado, o Univac.

E seu trabalho era feito a partir de impacto, o que não impossibilitava a reprodução nítida do conteúdo.

Em seguida, com o decorrer das tentativas e com a evolução tecnológica do século XX, surgiram tipos mais sensíveis e eficientes.

Em 1983, desenvolvida pelas empresas Hewlett Packard e Canon, foi lançada a primeira impressora laser da história. Já a impressora, a tinta obteve versões cada vez mais otimizadas e práticas.

Tipos e funcionamento

Por meio de uma conexão via cabo USB, a impressora consegue coletar os dados do computador e transformá-los na informação que será enviada a seu sistema interno.

Ela possui, ainda, processador e memória, mas de baixo porte. Existem variados tipos de impressora. São eles:

  • Impressora de jato de tinta;
  • Impressora a laser;
  • Impressora de estampa;
  • Impressora 3D;
  • Impressora de etiquetas.

Impressora a laser: como funciona?

Um dos problemas da impressora comuns, que utiliza tinta para recriar os conteúdos no papel, é que pode deixar o material muito sensível ao ambiente.

Isso porque a tinta cria liquidez na folha e a torna úmida, colocando em risco a qualidade da impressão e a durabilidade do material.

Por isso, impressora laser tem sido uma ótima opção para muitas empresas, já que possui desempenho garantido.

Além disso, a manutenção de impressora a laser pode ser feita por uma série de empresas especializadas e pela própria assistência técnica do produto. Seu funcionamento acontece com base na eletricidade estática.

Ela possui um cilindro fotorreceptor rotativo, onde é aplicada uma carga elétrica positiva, de forma que ele começa a girar e o laser deposita os pontos que correspondem ao conteúdo a ser impresso.

Então, o toner (pó fino de carbono e polímero com carga positiva) é descarregado nos locais determinados pelo percurso do laser (carga negativa).

Enquanto a própria área restante (carga positiva) o repele. Ao sair da bandeja, o papel recebe uma carga negativa, ainda mais intensa que a da imagem eletrostática em questão.

Em seguida, ele passa pelo cilindro, atraindo o pó, que grava a imagem no papel. Mas não para por aí: o toner passa, ainda, entre outros dois cilindros, também conhecidos como fusores.

O toner se funde à folha ao passar por eles. Por fim, o papel é enviado à bandeja de saída e o cilindro é descarregado, podendo ser utilizado novamente em uma próxima impressão.

É assim que modelos de qualidade, como impressora samsung, conseguem fornecer trabalhos bem executados e de alta performance.

Imprimindo etiquetas

A impressora de etiqueta adesiva é muito utilizada, tanto para serviços domésticos, como é o caso da inkjet e das matriciais, quanto para demandas comerciais e industriais, como no caso das que realizam processos de transferência térmica.

Portanto, esses equipamentos estão disponíveis em dois tipos: impressoras térmicas e impressoras de jato de tinta e laser.

No caso da produção de etiquetas, eles vêm com sensores que garantem perfeito alinhamento da impressão e um ótimo acabamento. Entre as maiores vantagens de se recorrer a impressora para etiquetas estão:

  • Alta resolução;
  • Formatos e relevos variados;
  • Ótimo acabamento;
  • Maior durabilidade;
  • Performance garantida.

Normalmente utilizadas para criação de rótulos e embalagens de produtos, esse tipo de impressora gera etiquetas que podem otimizar os serviços e facilitar o cotidiano de uma indústria, por exemplo.

Seja qual for o equipamento de impressão escolhido, garanta que ele possui boa procedência e boa assistência.

Assim, ficará mais fácil encontrar pessoal especializado na manutenção, caso você necessite de peças para impressora samsung.

Além disso, vai evitar frustrações futuras e também assegurar um serviço de qualidade. Afinal, a tecnologia está aí para ser usada a seu favor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *